PRINCIPAL

|In?cio do Portal

O que ? o Sa?des?

Como ser Colunista?
Anuncie Aqui!
Aviso Legal

Fale Conosco

BUSCAR

Mat?rias

Sites de Sa?des

Profissionais

CATEGORIAS

Cl?nicas

Laborat?rios

Hospitais

Vendas

Loca??o

Est?tica

Planos de Sa?de

Spa

Escolas

Cursos

Revistas

Livros

 

Existem 104 Artigos em 14 Categorias
ARTIGOS» NOTÍCIAS » DETALHES
O elogio da loucura

Add: 23/8/2006

O elogio da loucura

Paulo Cesar Geraldes - médico psiquiatra, mestre em Saúde Coletiva, doutor em Saúde Mental e presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro

Publicado no(a): Em: 15/08/2006

Mais uma vez, em recente abordagem da mídia, somos obrigados a ouvir a defesa da desassistência psiquiátrica. Os argumentos estão velhos, encanecidos, mas insistentes. Quase sempre os motes são os seguintes:
- A loucura nada mais é do que uma forma diversa de sentir a realidade;
- A loucura não é uma doença mas muitas vezes uma forma de se libertar da opressão da sociedade;
- A loucura é criativa e o louco um artista em potencial;
- A loucura não existe é uma criação dos psiquiatras;
- A loucura é produzida pela família para se livrar de seus membros inconvenientes e indesejados;
- Por não ser doença, apenas uma forma diferente de entender o real, a loucura não deve se enquadrar no modelo médico de diagnóstico, prognóstico e tratamento, e;
- O louco não precisa de hospital para se tratar, não deve ser internado em nenhuma hipótese.
É claro que todos estes argumentos são apresentados com cenas, ao fundo, degradantes, similares a campos de concentração ou então com os loucos e seus terapeutas com violões e percussão fazendo um som legal.
É pena que isto não seja verdade e que o real esteja bem distante da mentira antimanicomial.
A loucura é a maior das tragédias de que um ser humano pode ser vítima. O delírio é um sofrimento permanente. Alguém persegue o psicótico e ele não sabe quem é, nem o motivo, e muito menos porque ele é o alvo da perseguição. Sons distorcidos e sem sentido, repentinamente transformam-se em gritos, pancadas, assobios e então se consubstanciam em vozes. Vozes que o chamam, a seguir o ofendem com palavrões e por fim dão ordens. mandam que ele agrida, que bata com a cabeça na parede, que grite, que cante, que obedeça a comandos, por mais absurdos que sejam.
A família perplexa, que depositava naquele rapaz ou moça as esperanças de um crescimento sadio, com o futuro pela frente, tudo a se realizar e ser conquistado, percebe que nada disto vai acontecer. O futuro foi barrado pela loucura. Não mais estudos, não mais trabalho, não mais profissão, não mais esperanças. As perspectivas do mundo melhor acabam-se com a instalação do processo psicótico.
Acabou-se a vida do psicótico? Não é claro que não, mas acabou-se a qualidade de vida, a possibilidade de usufruir do mundo todas as suas nuances, a capacidade de expandir ao máximo suas potencialidades como indivíduo e como ser pensante e criativo. Não raro acaba-se também a capacidade civil, a capacidade de testar, a capacidade de gerir. O que se encerrou, infelizmente foi a capacidade de se autodeterminar, de ser livre, de expressar de modo completo e cabal a sua vontade e de guiar os seus fatos conforme os seus desejos.
Dr. Paul Gachet, psiquiatra de Van Gogh afirmava: “Eu sei que Vincent (Van Gogh) está melhor quando ele me pede as tintas. Só então, fora da crise, ele é capaz de criar.” Esta é a realidade nua e crua, a loucura é impeditiva da plena capacidade de criação e da expressão artística.
A loucura é uma tragédia. Aqueles que a elogiam e engrandecem ou são ingênuos, ou são insensíveis ou estúpidos ou então dela querem se aproveitar de algum modo, caso do chamado movimento antomanicomial. Não sabem do que falam.
E, se a Arte dependesse da Loucura para existir, Morte à Arte.
Viva a Sanidade Mental!!!!!!  

AVISO LEGAL

» As Matérias Não Substituem de forma Nenhuma a Consulta Médica.

» Não Oferecemos Nenhum tipo de Consulta Via Internet.

» Caso Esteja Tendo Algum Problema de Saúde, Procure um Especialista!

 

 

WWW.SAUDES.COM  "O Portal 100% Saúde".

Anuncie Fale Conosco Laboratórios Clínicas Planos de Saúde Aviso Legal
Todos os Direitos Reservados à WWW.SAUDES.COM
O Seu Portal da Saúde na Internet